sexta-feira, 2 de julho de 2010

ESPORTES DESCONHECIDOS 2#: SEPAKTAKRAW

SEPAKTAKRAW



Você já ouviu falar em um esporte chamado Sepaktakraw? Bem, esse esporte é muito popular em países do Sudeste Asiático como Tailândia, Indonésia, Vietnam, Málasia, Filipinas, Laos, Singapura, etc. Muito provavelmente você encontrará uma semelhança muito grande com o Futvolei praticada na praia e logo dirá: MAS É O FUTVOLEI. Antes que qualquer engano seja feito, vamos a algumas explicações sobre o esporte. O Sepaktakraw (ou também conhecido pelo nome Takraw) surgiu a mais de 500 anos na Malásia. Antigamente, era jogado em círculo onde um jogador passava a bola a outro sem deixá-la cair (como naquelas brincadeira de "embaixadinha" e "altinha"). Por volta de 1920 no reino do Sião (hoje Tailândia), incorporaram regras do voleibol ao Sepaktakraw, como o uso da rede, a divisão em dois times, o sistema de rodízio de saque, o limite de toques, etc. Isso tornou o Sepaktakraw mais competitivo e próximo dos esportes ocidentais.
A bola desse esporte é uma curiosidade a parte por ser única e diferente dos demais esportes. Tradicionalmente era feita de filetes de bambú (Rattan Natural), mas com a modernização do esporte substituiram o bambú por filetes de fibra de carbono (Synthetic filber). O uso de uma bola feita de fibras de carbono pode evitar possíveis acidentes com atletas, por conta de lascas de bambú soltas, e aumentar a velocidade da bola no jogo.



A quadra do Sepaktakraw possui 13,40 metros de comprimento por 6,10 metros de largura, e a rede possui 1,55 metros de altura, dividindo a quadra, em seu comprimento, em duas metades iguais.
O principal objetivo do jogo é passar a bola sobre a rede utilizando qualquer parte do corpo, exceto mãos e braços. Como no voleibol, se a bola tocar na quadra é encerrada a disputa daquele ponto.
Cada equipe é composta por três jogadores. São permitidos no máximo três toques antes de passar a bola para o lado adversário da quadra, sendo que, um mesmo jogador, pode, sozinho, executar estes três toques. É permitido bloquear, desde que mãos e braços não toquem a bola e o jogador não toque a rede.
Devido a altura da rede e certas especificações da regra o jogo dá margem para vários movimentos acrobático onde atletas dão verdadeiras voadoras e chutes muito parecidos com os dos filmes de artes marciais.  
Existe uma competição mundial desse esporte chamada de Copa do Rei da Tailândia. Nesse torneio as principais equipes do mundo se enfrentam em três divisões. Na primeira divisão estão os países tradicionais nesse esporte como Tailândia, Indonêsia, Malásia, Filipinas, etc. O Brasil participa dessa competição e está na terceira divisão. Nos anos de 2000, 2003 e 2007 o Brasil tornou-se campeão da terceira divisão da Copa do Rei da Tailândia. A prática desse esporte aqui em terra Tupiniquis talvez possa ser facilitada pela uso de técnicas do futvolei e movimentos da capoeira. Para um esporte que usa tantos elementos de artes marciais, nada como usar nossa popular capoeira.


Assita aos vídeos para conhecer um pouco mais desse esporte.


FINAL JOGOS ASIÁTICOS - TAILÂNDIA X MALÁSIA (Equivalente à Brasil x Argentina no futebol)



REPORTAGEM ESPORTE ESPETACULAR SOBRE SEPAKTAKRAW





Se você ficou ainda mais curioso sobre esse esporte visite o site da Associação Brasileira de Takraw --> http://www.takraw.com.br/


Blog EESP EsPoRtEs




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário